sábado, 17 de janeiro de 2009

Cantando na sala


Na minha adolescência, há uns 10 anos atrás... eu assisti ao filme "10 coisas que odeio em você", e me identifiquei na hora com a irmã má do filme, por que tínhamos um gosto em comum: gostávamos de bandas com mulheres no vocal...

Nossa, naquele tempo eu só ouvia Rita Lee, Elis Regina, The Cranberries, Alanis Morrisete, Pato e Penélope.... era só o que eu ouvia...e só acendia incenso de sândalo! Ficava horas a fio na frente do som, cantando e pulando! Fazia o controle remoto de microfone... acho que minha plateia era meu fiel felino Chimino..tadinho...
Aqui na minha querida cidade, só tinha uma loja que vendia CD original, e mesmo morando na fronteira com o PY, os camêlos não vendiam CDs piratas das minhas cantoras preferidas... E também naquele tempo eu não tinha acesso a Internet pra baixar músicas e muito menos a cartão de crédito! Mas eu ia na maior cara de pau do mundo na loja de CD (a única neh!) e fazia a "encomenda" do "tal" CD, da "tal" banda. Nossa! parecia que eu era uma marciana verdinha..!!! a cara que a tia da loja fazia quando eu falava o nome da banda...rsrsrsrsrsrs
Mas depois de alguns anos ela se acostumou comigo! Quando encomendei o primeiro CD da Pitty ela nem torceu o nariz!!!

Resumindo isso me fez ter uma coleção básica de CDs originais com minhas bandas preferidas... Vocês não imaginam, tamanha era minha emoção quando eu chegava em casa com meu CD novo, cheio de música pra ficar o dia todoooo ouvindo!

Então hoje me pego baixando umas músicas de uma banda chamada LUDOV, que não por acaso tem uma mulher no vocal. Tive aquela sensação de ter que ler o encarte do CD, porque as músicas são lindas... e me deu vontade de ficar o dia todo ouvindo as músicas...
Vou colocar aqui uma das que mais gostei... chama-se ESTRELAS...



ESTRELAS - LUDOV

Eu sei, você já parou de contar as estrelas do céu
E eu não, eu não posso mais te ajudar a dizer onde estão
Seu olhar pesado me prende ao solo
E eu sei, eu não posso mais flutuar
entre estrelas do céu que você apagou
Falta um pouco de luz nos seus olho se
me dá saudade o seu rosto brilhando ao sol
Falta um pouco de amor no seu corpo
e eu não posso te dar pois em mim faltará também
Talvez, se a gente encontrasse um lugar pra recarregar nosso amor
então, quem sabe eu pudesse enxergar vida no que nos restou
e essa estrela morta brilharia um sol
Meu bem, o pouco que eu posso te dar
É tudo o que eu já te dei e que não te bastou
Eu sei que você vê tudo o que eu faço
Eu sei que você lê tudo o que escrevo
Escrevo pra você


video

2 comentários:

Patricia... disse...

Aiii que Blog feio esse seuuu!!!rsrsrs
Quer dizer que te achei na Blogsfera também... rsrs
Bjuxxxx.... jah te acompanho...
O Meu blog naum eh lah assim grande coisa como seu.. mas vale a pena dah uma lidinha de vez quando...rsrs
Bjuxxx

Emilene Marques disse...

oieee!!!!
tudo bem!
claro q vou olhar pode deixar....
passa aki mesmo de vez enkuando....
e vem pra Ponta neh! qnto tempo neh!
bjoooo